O futuro passou aqui… e levou as pessoas

foto23714Fevereiro 1997, Ciborro, Montemor-o-Novo, Portugal

Fotografia tirada ao amanhecer com Nikon F70, Nikkor 80-200mm, tripé  e filme diapositivo AGFA RSX 100.

Crónica

Gosto muito de passear no Alentejo e no Algarve. Em particular, visito amíude a zona de Montemor-o-Novo onde há muitas casas abandonadas, algumas com luz eléctrica e telefone. Foi lá que encontrei esta linha telefónica abandonada.

Em tempos, na década de cinquenta, esta foi uma zona florescente, bafejada pela esperança de um futuro melhor: a terra é mais fértil que a média e tem mais água. Havia montes(casas) rurais ligados à rede eléctrica e, mais raramente, à rede telefónica. Mas as linhas traziam consigo a promessa de melhores condições de vida na cintura industrial de Lisboa e muitos alentejanos seguiram-nas, a caminho das fábricas da Siderurgia, da Lisnave, da CUF, entre outras. E os poucos que ainda resistem, também sonham com a luz das cidades. Entretanto, vão descendo dos montes para as povoações onde há água canalizada, posto médico, centros de dia e lojas.

As linhas, outrora promessa de futuro para os montes, foram o engodo para atraír os alentejanos para o litoral. Uma vez cumprido o seu destino, são um monumento esquecido às dificuldades da vida no Alentejo.

Anúncios

Deixe uma resposta - Leave a Reply

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s